Barra do Corda, Ma, Data Atual, Hora Atual









Aniversariantes do Mês

03Larissa Teixeira Borges
17Cesar Augusto Borges Ferreira
24Sarah Raquel Oliveira Chaves
26Samuel Egson M. Rodrigues
28Gabriela Brito de Morais
28Isabela Brito de Morais


FREDERICO CASTRO GARANTE VAGA NA FINAL DA COPA DO MUNDO

Autor: Leonardo Delgado
E-mail: aquabarra@sapo.pt
Enviado em: 15 de novembro de 2007


A natação brasileira enfrenta desde ontem 3ª e 4ª feira (dias 13 e 14/11), o frio sueco na etapa de Estocolmo da Copa do Mundo de Natação 2007, competição disputada em piscina de 25 metros. A equipe brasileira nesta 5ª etapa do circuito é formada por Thiago Pereira, Fabíola Molina, Diogo Yabe e Henrique Barbosa, sob o comando do técnico Fernando Vanzella.

Além deles, outros nadadores brasileiros viajaram por conta própria para a Suécia, caso de Carolina Mussi e Tatiane Sakemi, ambas do Pinheiros, e Frederico Castro, do Mac/Nina, do Maranhão. Ontem, nadando as eliminatórias dos 200m Borboleta, Frederico Veloso de Castro garantiu vaga nas finais da prova. Disputadas quatro etapas, com o Brasil conquistando medalhas em todas elas, os nadadores brasileiros totalizam nove pódios, com uma medalha de ouro, três de prata e cinco de bronze (vide lista no final).

As provas deste primeiro dia da etapa sueca (ter, 13/11) são: 800m livre fem, 100m livre masc, 200m livre fem, 50m peito masc, 100m peito fem, 400m medley masc, 100m borboleta fem, 100m costas masc, 50m costas fem, 200m borboleta masc, 200m medley fem, 400m livre masc, 50m livre fem, 200m peito masc, 100m medley masc, 200m costas fem e 50m borboleta masc.

A Copa do Mundo de Natação 2007 termina com a Super Final de Belo Horizonte/MG, de 23 a 25 de novembro, no Minas Tênis Clube.

COPA DO MUNDO DE NATAÇÃO – 2007
1ª Etapa – 19 e 20/10 – Durban /RSA
- Gabriel Mangabeira – Ouro – 100m borboleta

2ª Etapa – 27 e 28/10 – Cingapura /SIN
- Lucas Salatta – Prata – 200m medley
- Lucas Salatta – Prata – 400m medley
- Lucas Salatta – Bronze – 200m borboleta
- Rodrigo Castro – Bronze – 400m livre

3ª Etapa – 01 a 03/11 – Sidnei/ AUS
- Felipe Lima - Bronze - 50m peito

4ª Etapa – 09 e 10/11 – Moscou/ RUS
- Fernando Silva - Prata - 100m medley
- Fernando Silva - Bronze - 50m livre
- Tatiana Lemos Barbosa - Bronze - 100m livre

5ª Etapa – 13 e 14/11 – Estocolmo/SUE

6ª Etapa – 17 e 18/11 – Berlim/ALE

7ª Etapa – 23 a 25/11 – Belo Horizonte/BRA



COPA DO MUNDO: PRÓXIMA PARADA: BERLIM

Autor: Leonardo Delgado
E-mail: aquabarra@sapo.pt
Enviado em: 15 de novembro de 2007


Neste fim de semana (dias 17 e 18/11) será realizada a sexta e penúltima etapa da Copa do Mundo de Natação, em Berlim, na Alemanha. O Brasil, que conquistou medalhas em todas as cinco etapas anteriores (vide lista no final) estará presente com Thiago Pereira, Flavia Delaroli, Nicholas Santos, Eduardo Fischer, Tatiane Sakemi, Gabriel Mangabeira e Carolina Mussi.
Até o momento, a natação brasileira subiu 14 vezes no pódio do circuito internacional em piscina de 25 metros. O Sportv transmitirá as finais dos dois dias, a partir das 12h, de Brasília.

A etapa de Berlin contará com mais de 300 nadadores de 35 países dos cinco continentes, incluindo 13 medalhistas olímpicos, dois deles campeões: o americano Gary Hall e a francesa Laure Manaudou.

Desde que passou a fazer parte do circuito da Copa do Mundo de Natação, em 2000, a etapa de Berlim foi sede de 13 recordes mundiais superados e quatro igualados.

O Circuito termina com a Super Final de Belo Horizonte/MG, de 23 a 25 de novembro, no Minas Tênis Clube.

COPA DO MUNDO DE NATAÇÃO – 2007

1ª Etapa – 19 e 20/10 – Durban /RSA
- Gabriel Mangabeira – Ouro – 100m borboleta
2ª Etapa – 27 e 28/10 – Cingapura /SIN
- Lucas Salatta – Prata – 200m medley
- Lucas Salatta – Prata – 400m medley
- Lucas Salatta – Bronze – 200m borboleta
- Rodrigo Castro – Bronze – 400m livre
3ª Etapa – 01 a 03/11 – Sidnei/ AUS
- Felipe Lima - Bronze - 50m peito
4ª Etapa – 09 e 10/11 – Moscou/ RUS
- Fernando Silva - Prata - 100m medley
- Fernando Silva - Bronze - 50m livre
- Tatiana Lemos Barbosa - Bronze - 100m livre
5ª Etapa – 13 e 14/11 – Estocolmo/SUE
- Thiago Pereira - Ouro - 400m medley
- Thiago Pereira - Ouro - 100m medley
- Thiago Pereira - Ouro - 200m medley
- Fabíola Molina - Ouro - 100m costas
- Fabíola Molina - Prata - 50m costas
6ª Etapa – 17 e 18/11 – Berlim/ALE
7ª Etapa – 23 a 25/11 – Belo Horizonte/BRA


Eliana Alves / Souza Santos
Assessoria de Imprensa da CBDA



FABÍOLA LEVA OURO E QUEBRA RECORDE

Autor: Leonardo Delgado
E-mail: aquabarra@sapo.pt
Enviado em: 14 de Novembro de 2007


A nadadora Fabíola Molina deu ontem mais um ´show´ nas piscinas de Estocolmo, na Suécia, e encerrou sua participação na quinta etapa da Copa do Mundo com a medalha de ouro na prova dos 100 metros costas. Além disso, quebrou seu próprio recorde sul-americano, com o tempo de 58s98. Foi a primeira vez que ela fez um tempo abaixo de um minuto -- seu recorde anterior era de 1min00s17. A Copa, porém, é disputada em piscinas curtas, de 25 metros.

Na prova de ontem, ela ficou à frente da ucraniana Iryna Amshennikova, que fez o tempo de 59s34, e da alemã Daniela Samulski, com 59s36.

Anteontem, em sua estréia, ela já havia melhorado sua marca sul-americana nos 50 metros costas, com 27s56, na prova em que ficou com a medalha de prata -- apenas 4 centésimos atrás da vencedora, a alemã Daniela Samilki. Assim, a atleta de São José dos Campos termina a etapa com medalhas nas duas provas que disputou na fria capital sueca (ontem, nevou na cidade).

BOA FASE -- Aos 32 anos de idade, Fabíola Molina vive seu melhor momento da carreira. Informado pelo valeparaibano sobre o resultado, o técnico da joseense, Marcelo Vaccari, que está em Brasília acompanhando o Campeonato Brasileiro infantil, não escondeu a euforia.

"Esse resultado foi fantástico. A melhor prova da vida dela, pois o recorde anterior era de 1min00s17. Mas a Fabíola merece isso, pois sempre trabalhou muito", afirmou Vaccari.

Diogo Yabe, marido de Fabíola Molina, ficou em quinto lugar na prova dos 200 metros medley, com o tempo de 2min00s58 e terminou a competição sem conquistar medalhas. No primeiro dia, ele ficou em quarto lugar na prova dos 400 metros medley.

TIAGO PEREIRA -- O principal destaque da delegação brasileira na etapa de Estocolmo foi Tiago Pereira. Depois de ser o melhor do país no Pan do Rio em Julho, com seis medalhas de ouro, também triunfou na Copa do Mundo.

Ontem, ele conquistou sua terceira medalha de ouro, na prova dos 200 metros medley, com o tempo de 1min55s08. Em segundo lugar, ficou o neozelandês Dean kent (1m57s57) e, em terceiro, o lituano Vytautas Janusaitis (1min58s19). Anteontem, Tiago Pereira venceu as provas dos 100 e dos 400 metros medley.

O outro brasileiro que integrou a equipe brasileira na Suécia foi Henrique Barbosa, que não conquistou medalhas.

PRÓXIMAS ETAPAS -- A Copa do Mundo de Natação ainda terá outras duas etapas até o final do ano -- em Berlim, na Alemanha, na semana que vem, e em Belo Horizonte, entre os dias 23 e 25 de novembro.



MÉDICA DO PAN TERÁ DE RESPONDER A CONSELHO

Autor: Leonardo Delgado
E-mail: aquabarra@sapo.pt
Enviado em: 14 de novembro de 2007


A CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) oficializou a nova cúpula de sua diretoria de doping. Eduardo de Rose, chefe médico da Organização Desportiva Pan-Americana, organizadora do Pan, será o diretor. Ele indicou a médica Sandra Soldan para o cargo de adjunta.

Chefe do controle antidoping do Pan, De Rose afirmou que ficará no posto até a CBDA conseguir reestruturar o departamento. Ele responderá pelas competições até o fim do ano.

Já Sandra, segundo nota oficial, "ficará à disposição de todos os atletas dos esportes aquáticos, principalmente os das seleções olímpicas, em tempo integral para as consultas, e presente em todas as competições para os exames."

As mudanças foram motivadas pelo caso de doping de Rebeca Gusmão. Após ela ter revelado um resultado positivo em um exame da federação internacional, a CBDA divulgou que amostras de urina da atleta, colhidas durante o Pan, apresentavam dois DNAs.

Uma voluntária dos Jogos declarou que houve falha na coleta de urina da atleta. No mesmo dia da divulgação, Renata Castro, diretora médica responsável pelo doping da CBDA, pediu dispensa do cargo. Oficialmente, teria alegado motivos pessoais.

O Conselho Regional de Medicina do Rio pedirá explicações a ela sobre o caso Rebeca. A médica era uma das chefes controle antidoping do Pan do Rio e respondia a De Rose.



DE ROSE ASSUME PROVISORIAMENTE DIRETORIA MÉDICA DA CBDA

Autor: Leonardo Delgado
E-mail: aquabarra@sapo.pt
Enviado em: 13 de novembro de 2007


Com a saída de Renata Castro do cargo, o médico Eduardo de Rose assumiu, provisoriamente, a diretoria médica da CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos).

Renata pediu afastamento na última quinta-feira, dia em que a CBDA divulgou nota informando que dois dos quatro testes antidoping de Rebeca Gusmão apresentavam manipulação da urina colhida. Foram constatados dois DNAs diferentes, o que comprova mais de uma amostra de urina no mesmo frasco de exame.

De Rose foi o manda-chuva do antidoping no Pan do Rio. Na segunda-feira, ele negou que tenha havido falhas no procedimento dos testes na competição.

"Não houve erro. A dispensa da escolta pode ocorrer, é uma praxe em algumas questões de logística", disse o médico.

No domingo, Adriana Salazar _que trabalhou como voluntária no Pan-07 e era a responsável por acompanhar Rebeca até a sala do antidoping_ afirmou à TV Globo que tinha sido impedida de entrar no recinto. Segundo ela, sob a justificativa de que havia muitos atletas e dois escoltas na sala.

De Rose ainda explicou que não é ilegal divulgar um caso positivo de doping antes da análise da amostra B. Toda vez que algum atleta é submetido a um exame, são colhidos dois frascos (A e B) da mesma urina.


FINA

Confederação Brasileira de Natação

Federação Maranhense de Desportos Aquáticos - FMDA

E-books de Ed. Física
E-books de Ed. Física

Swim It Up

Swimnews

Pro Swim

aquabarrabdc

Best Swimming

Not Nat

Orkut Aquabarra

Blog Paineiras

© Escola de Natação Aquabarra

Webmaster: Leonardo Delgado