echo " " ?>

Barra do Corda, Ma, Data Atual, Hora Atual









Aniversariantes do Mês

09Lavinha da Paz Menezes de Oliveira
09Mariana Mota da Silva dos Santos
15Mayana Sofia M. Rodrigues
17Maria Eduarda Paz Rodrigues
21Mayra Macdo dos Santos Maciel
23Luis Guilherme de Morais Costa
27Guilherme Jac Morais Bezerra


THIAGO PEREIRA ABRE TEMPORADA NOS ESTADOS UNIDOS CONTRA PHELPS

Autor: Leonardo Delgado
E-mail: aquabarra@sapo.pt
Enviado em: 17 de janeiro de 2008

As férias foram curtas para o nadador Thiago Pereira. Depois de alguns dias de folga e de um treinamento em Florianópolis (SC), o atleta fluminense faz os últimos ajustes para sua estréia competitiva em 2008. Em ritmo de preparação olímpica, ele abre o calendário participando do Grand Prix de Missouri, de 15 a 18 de fevereiro, nos Estados Unidos, com possibilidade de enfrentar o campeão olímpico Michael Phelps durante o evento.
No ano passado, Thiago também nadou no Missouri e teve Phelps como um de seus principais adversários. Com índice em seis provas para os Jogos Olímpicos de Pequim-2008: 200m livre, 100m e 200m costas, 200m peito, 200m e 400m medley, o brasileiro já tem o calendário competitivo de preparação definido. Até o torneio em agosto, ele participará de seis competições - GP de Missouri, em fevereiro; Sul-americano, em março; Mundial de piscina curta, em abril; Troféu Maria Lenk, em maio; e as etapas d Barcelona e Canet do Mare Nostrum, em junho -, além de fazer treinamento em altitude e aclimatação em Macau para Pequim.

A preparação olímpica teve início com uma programação diferenciada de treinos em Florianópolis. “Utilizamos outros esportes aquáticos, como surfe, remo e mergulho, além de um trabalho específico de natação buscando a melhora das capacidades gerais. Agora é hora de fortalecer a musculatura e aumentar o volume de treinos dentro da piscina”, explica seu técnico, Fernando Vanzella.

Para Thiago, vale tudo por Pequim. 'Esse ano é especial por causa dos Jogos Olímpicos. Mas, até lá, tenho de treinar muito. Participar das competições no Brasil e no exterior será importante para avaliar o meu estágio de preparação, bem como competir com alguns dos meus adversários na briga pelo pódio olímpico”.

Mas as expectativas de resultado para o primeiro compromisso nas piscinas são controladas, como justifica Vanzella. “Essa fase inicial do ano é a mais dolorida e difícil para ele. A idéia é avaliá-lo em nível elevado em uma fase dura de treinamentos. Por isso, não estamos esperando grandes marcas ainda”.

Aos 21 anos, completa 22 dia 26, Thiago foi o grande destaque dos Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro em 2007. O nadador conquistou seis medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze e se tornou o atleta mais vitorioso em uma mesma edição do evento.

Na Copa do Mundo de Natação, disputada em piscina curta, de 25 metros, Thiago disputou as etapas de Berlim, Estocolmo e Belo Horizonte e conquistou oito medalhas de ouro e uma de bronze. Bateu ainda o recorde da competição nos 400m medley (4min00s63) e o recorde mundial dos 200m medley, marca superada em dezembro pelo húngaro Laszlo Cseh. As 48 medalhas (34 de ouro) conquistadas no ano ajudaram Thiago a se tornar o primeio nadador a vencer o Prêmio Brasil Olímpico.




FELIPE CUNHA O MARANHO NA SELEO

Autor: Leonardo Delgado
E-mail: aquabarra@sapo.pt
Enviado em: 16 de janeiro 2008

A CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) através da sua Diretoria Técnica de Natação, através do Boletim 13/08, do dia 8 de janeiro de 2008, convocou o nadador maranhense Felipe Costa da Cunha, da MAC/Nina, para integrar a Seleção Brasileira de Natação que vai defender as cores rasileiras no Multinations Junior Swimming Meet.

Depois de ter sido escolhido melhor nadador maranhense da categoria Juvenil e “Melhor dos Melhores” pela FMDA (Federação Maranhense de Desportos Aquáticos); de ter sido escolhido pela SESP (Secretaria de Estado de Esporte) para receber a comenda “Mérito Esportivo Rubem Goulart”, Felipe Cunha confirmou a sua excelente fase e, no próximo mês de março viaja para Istambul, na Turquia, integrando a seleção brasileira.

Felipe Cunha, vai competir nos dias 29 e 30 de março no Multinations Junior Swimming Meet, nadando as provas dos 1.500m Livre e 400m Livre. Na primeira prova (1.500m Livre) que provavelmente acontece no dia 29 de março, Felipe Cunha cai na piscina com o tempo de 16´21´´88. Na segunda prova (400m Livre), que acontece provavelmente no dia 30 de março, o nadador maranhense cai na piscina com o tempo de 04´41´´36.

Abaixo a relação nominal dos convocados, com as respectivas provas e tempos
MASCULINO:
100 Livre - Victor Rodrigues - MTC/MG - 53,62
Revezamento - Luis Cremonez - YC/SP - 53,67
200 Livre - Victor Rodrigues - MTC/MG - 1,54,80
Revezamento - Murilo Drigo - Fnadar/SP - 1,58,83
400 Livre - Victor Rodrigues - MTC/MG - 4,02,46
1500 Livre - Felipe Cunha – MAC/Nina/MA - 16,21,88
100 Costas - Bruno Barbosa - ECP/SP - 1,00,67
200 Costas - Arthur Ramalho - SCCP/SP - 2,12,04
100 Peito - Hugo Quirin - Sport/PE - 1,08,37
200 Peito - Hugo Quirin - Sport/PE - 2,28,85
100 Borboleta - Luis Cremonez - YC/SP - 57,59
200 Borboleta - Guilherme Fronho - Caia/RO - 2,07,75
200 Medley - Lucas Gerotto - CP/SP - 2,12,11
400 Medley - Felipe Cunha – MAC/Nina/MA -4,41,36




ANLISE DAS CONVOCAES DA SELEO BRASILEIRA

Autor: Leonardo Delgado
E-mail: aquabarra@sapo.pt
Enviado em: 15 de janeiro 2008

Nunca na história da natação brasileira tantas seleções brasileiras foram convocadas ao mesmo tempo. Duas de Multinations, Copa Latina, Sul-Americano e Mundial de Curta. Cinco seleções para meia temporada. E olha que ainda teremos Olimpíadas e Mundial Júnior.

Confira alguns detalhes que a Best Swimming coletou nas convocações apresentadas pela CBDA:

100%
Toda a equipe que vai para o Teste Evento em Beijing é formada pelos nadadores do Pinheiros. Flávia Delaroli, Henrique Barbosa, Lucas Salatta e Nicholas Santos, algo, que para mim é inédito em matéria de seleção principal brasileira.

OS TÉCNICOS DO MULTINATIONS
A CBDA só irá chamar os técnicos após a confirmação dos atletas. Até agora, na equipe que vai para a Turquia, o treinador será Carlos Henrique Matheus do Corinthians com três nadadores na equipe. No Multinations que vai para o Chipre o técnico é Eduardo Santos do Minas.

ESTREANTES
Nadadores que chegam a seleção brasileira principal pela primeira vez. No Teste Evento nenhum, no Mundial de Curta Felipe França. No Sul-Americano, Carolina Mussi, Etiene Medeiros, Ana Marcela Cunha e Juliana Kury.

A VOLTA POR CIMA
Falando em Juliana Kury, a nadadora dá a volta por cima. Depois de ficar dois anos afastada por doping, chega a seleção brasileira. Este tipo de virada também foi visto com Hugo Dupré que ficou quatro anos fora e ainda chegou a Seleção Brasileira na sua volta.

A CAMPEÃ
Abrindo a temporada de 2008, a campeã de convocações é Ana Marcela Cunha. A jovem nadadora baiana do Unisanta aparece em três seleções: Multinations do Chipre, Sul-Americano Absoluto e Copa Latina.

A MAIS JOVEM
Bianca Freitas do Ubertlândia Tênis Clube é a atleta mais jovem convocada. Ela está no time que vai para o Multinations da Turquia. Aos 12 anos de idade, a nadadora papou os títulos de campeã brasileira infantil 1 nas provas de 100 e 200 peito. Um verdadeiro fenômeno.

DO PAN PARA O SUL-AMERICANO
Foram convocados 28 nadadores para o Sul-Americano Absoluto, 14 mulheres e 14 homens. Destes, 23 estavam na equipe do Pan. Os únicos que não estavam no time do Pan e aparecem na equipe do Sul-Americano são: Carolina Mussi, Etiene Medeiros, Juliana Kury, Candido da Silva Jr. e Guilherme Guido.

DO PAN PARA A COPA LATINA
Dos 24 convocados para a Copa Latina em San Marino, dois nadadores estavam na equipe do Pan e figuram na lista apresentada: Ana Marcela Cunha e Leonardo guedes.

NOVA GERAÇÃO CORINTIANA
Um expressivo número de nadadores do Corinthians aparece na equipe da Copa Latina. São quatro atletas: Ana Santos, Fábio Santi, Lucas Kanieski e Renato Barufi.
O Corinthians só perde para o Pinheiros que tem cinco: Ana Carolina Azambuja, Carolina Penteado, André Schultz, Bruno Frattus e Marcelo Monteiro.

OS MELHORES DA BEST SWIMMING
Todos os atletas apontados pela Best Swimming apareceram nas convocações. Juliana Gerotto melhor infantil de 2007 está na Copa Latina e no Multinations do Chipre. Henrique Martins e Henrique Rodrigues que dividiram o título de melhor juvenil do ano estão no Multinations do Chipre. Gabriella Silva, melhor júnior de 2007, está no Sul-Americano. Fabíola Molina, atleta feminina do ano, está no Sul-Americano e Mundial de Curta, a mesma coisa para Thiago Pereira, melhor atleta masculino do ano.

NADANDO NO EXTERIOR
Entre os atletas convocados encontramos alguns que estão treinando no exterior. Hugo Quirin está no Chile, Monica Pradel nos Estados Unidos, da equipe que vai para o Multinations da Turquia. Do time do Teste Evento, Henrique Barbosa é atleta do Race Club na Flórida. Do time do sul-americano, Fabíola Molina tem alternado seu programa entre Brasil e diversas viagens pelo exterior juntamente com seu marido Diogo Yabe. No time masculino, ainda tem Felipe May que treina na Austrália, e Henrique Barbosa nos Estados Unidos. Na equipe da Copa Latina, está André Schultz atleta da Universidade de Michigan nos Estados Unidos.




PARA EVITAR TDIO, THIAGO PEREIRA TEM PR-TEMPORADA

Autor: Leonardo Delgado
E-mail: aquabarra@sapo.pt
Enviado em: 12 de janeiro 2008

Felipe Held, especial para a Gazeta Esportiva.Net

Treinar diariamente e cair em uma rotina certamente são coisas desgastantes para qualquer atleta de alto nível. E foi pensando em evitar esse marasmo que o técnico Fernando Vanzella preparou um período de treinos diferente para Thiago Pereira. Para driblar o estresse que um ano olímpico pode causar, o treinador optou por manter o nadador em atividades ‘extra-curriculares’ antes do início da preparação oficial de 2008. Mas sempre na água.
Maior esperança de pódio para a natação brasileira nas Olimpíadas de Pequim, em agosto, Thiago Pereira iniciou os treinamentos específicos na última segunda-feira. Mas, antes do dia 8 de janeiro, o atleta pôde se divertir e, sob a supervisão de Vanzella, ganhar mais ânimo para enfrentar a temporada desgastante.

“O Thiago teve cinco dias de férias, entre 22 e 26 de dezembro. Depois disso, fomos para a Florianópolis e treinamos na Unisul, onde fizemos uma pré-temporada e um trabalho de preparação para uma época bastante complicada”, reconheceu Vanzella, em conversa por telefone com a reportagem da Gazeta Esportiva.Net.

“Treinamos todos os dias em Santa Catarina e conseguimos fazer uma base com atividades além da natação, como mergulho, caiaque, surfe, windsurfe... são modalidades de que o Thiago gosta e, assim, ele mantém um astral bom e ganha motivação. Treinávamos na piscina de manhã e à tarde realizávamos esses programas”, emendou o técnico.

A importância da pré-temporada ‘inusitada’? Apenas os Jogos Olímpicos. “Esses treinos vão deixar o Thiago mais relaxado o ano inteiro, já que o prepararam psicologicamente e mantiveram seu condicionamento físico. Agora ele retornou ao Minas Tênis Clube e reiniciamos os treinos, sempre objetivando Pequim-2008”, completou.

Antes de viajar para a China e disputar as Olimpíadas de Pequim, Thiago Pereira deverá participar de três competições. A mais importante delas será o Mundial de Piscina Curta (25m), que acontecerá na cidade inglesa de Manchester entre os dias 9 e 13 de abril.




REBECA GUSMO INDICIADA NO RIO DE JANEIRO

Autor: Leonardo Delgado
E-mail: aquabarra@sapo.pt
Enviado em: 12 de janeiro 2008

A nadadora Rebeca Gusmão recebeu nesta sexta-feira a primeira notícia ruim de 2008 sobre o seu caso de doping. Ainda suspensa pela Federação Internacional de Natação (Fina), o Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou a atleta por falsidade ideológica à Justiça. Se condenada, poderá pegar de um a cinco anos de prisão.

A acusação foi feita pelo promotor público Alexandre Murillo Graça, que se baseou nas investigações do delegado Marcos Cipriano, titular da Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Saúde Pública do Rio de Janeiro, e responsável por escutar todos os envolvidos no escândalo.

A acusação de Rebeca foi feita em função da suposta manipulação de amostras por parte da nadadora. Isso porque o médico Eduardo de Rose, responsável pelos exames antidoping dos Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro e atualmente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), apontou urinas de doadores diferentes, após realização de teste de DNA.

Gazeta Press / Placar



FINA

Confederao Brasileira de Natação

Federação Maranhense de Desportos Aquáticos - FMDA

E-books de Ed. Física
E-books de Ed. Física

Swim It Up

Swimnews

Pro Swim

aquabarrabdc

Best Swimming

Not Nat

Orkut Aquabarra

Blog Paineiras

Escola de Natação Aquabarra

Webmaster: Leonardo Delgado