Barra do Corda, Ma, Data Atual, Hora Atual









Aniversariantes do Mês

03Larissa Teixeira Borges
17Cesar Augusto Borges Ferreira
24Sarah Raquel Oliveira Chaves
26Samuel Egson M. Rodrigues
28Gabriela Brito de Morais
28Isabela Brito de Morais


Natação vê seis novos recordes mundiais em Berlim

Autor: Leonardo Delgado
E-mail: aquabarra@sapo.pt
Enviado em: 15 de novembro de 2009

O primeiro dia de disputa da etapa de Berlim da Copa do Mundo de Natação em piscina curta (25 metros), neste sábado, registrou seis novos recordes mundiais. Para o Brasil, foram quatro medalhas conquistadas: duas de prata, com Henrique Barbosa e Frederico Castro, e duas de bronze, com Nicholas Santos e Felipe França.

O primeiro recorde mundial do dia saiu ainda nas eliminatórias, quando o russo Sergey Fesikov fez 50s95 nos 100 metros medley. Depois, na final da prova, também disputada neste sábado, ele conseguiu a medalha de ouro, mas não conseguiu diminuir seu tempo - chegou bem perto, ao cravar a marca de 50s96.


Já nas finais deste sábado, em Berlim, o alemão Paul Biedermann quebrou o recorde mundial dos 400 metros livre (3min32s77), a australiana Leisel Jones fez o mesmo nos 100 metros peito (1min03s00) e a japonesa Shiho Sakai conseguiu a melhor marca da história nos 200 metros costas (2min00s18).

Outro recorde mundial caiu nos 50 metros borboleta, em que o alemão Steffen Deibler venceu com o tempo de 21s80. Nessa mesma prova, o brasileiro Nicholas Santos conquistou a medalha de bronze, ao marcar 22s17 - ficou atrás também do sul-africano Roland Schoeman (21s87).

Nos 50 metros peito, o sul-africano Cameron Van Der Burgh quebrou o recorde mundial ao vencer a final com o tempo de 25s25. E, nessa mesma prova, o brasileiro Felipe França levou a medalha de bronze, com 25s70 - perdeu também para o sul-africano Roland Schoeman (25s45).

As outras duas medalhas brasileiras deste sábado saíram em provas sem recorde mundial. Nos 200 metros peito, Henrique Barbosa foi prata (2min04s35), ao perder para o espanhol Melquiades Alvarez (2min02s67). E nos 200 metros borboleta, Frederico Castro também foi prata (1min51s64), sendo batido pelo russo Nikolay Skvortsov (1min50s58).




Maranhense Felipe Cunha leva mais um ouro nas Olimpíadas Escolares

Autor: Leonardo Delgado
E-mail: aquabarra@sapo.pt
Enviado em: 09 de novembro de 2009



Foto: Wander Roberto/COB

imirante.com

LONDRINA – O nadador maranhense Felipe Cunha conseguiu, neste domingo (8), sua segunda medalha dourada nas Olimpíadas Escolares, que estão sendo realizadas no Paraná. Desta vez, Felipe venceu a prova dos 200m medley com o tempo de 02’04”83.


Com o resultado, o maranhense já soma três medalhas nas olimpíadas, sendo que duas de ouro (200m medley e 100m peito) e uma prata (400m nado livre).


Outros resultados


As piscinas de Londrina também receberam outros atletas do Maranhão. Nos 50m peito, Guilherme de Almeida Silva, do Colégio Portinari, chegou na 6ª colocação com o tempo de 31”10. O vencedor da prova foi o cearense Angelito Cassandra, do Colégio Batista (CE), que cravou a marca de 29”40.


A maranhense Lorena Marques Pinheiro, do Colégio Upaon-Açu, competiu em duas provas. Nos 100m costas, a nadadora ficou em 7º com a marca de 01’08”27. Luana Wunderlich, do Colégio Dom Bosco (PR), ficou com a medalha de ouro nesta prova com o tempo de 01’03”20.


Na sua outra prova, os 400m nado livre, Lorena Marque Pinheiro terminou a prova na 5ª colocação, com o tempo de 04’29”54.


Confira algumas fotos de Felipe Cunha nas piscinas de Londrina durante olimpíadas Escolares


Foto: Wander Roberto/COBFoto: Wander Roberto/COBFoto: Wander Roberto/COBFoto: Wander Roberto/COBFoto: Wander Roberto/COB


Paulo de Tarso Jr./Imirante

  




Brasil brilha na Copa do Mundo de Natação em Moscou

Autor: Leonardo Delgado(Fonte: oGlobo)
E-mail: aquabarra@sapo.pt
Enviado em: 08 de novembro de 2009

A estreia do Brasil na etapa de Moscou do Circuito da FINA da Copa do Mundo de Natação não poderia ter sido melhor. Não faltaram medalhas e recordes nesta sexta-feira. Fabíola Molina e Joanna Maranhão, ganharam prata e bronze, respectivamente, com direito a recordes sul-americanos para elas e ainda para Felipe Lima, no estilo peito.

Fabíola ganhou a medalha de prata nos 50m costas superando a própria marca do continente que estabelecera na primeira etapa do Circuito da FINA, em Durban, na África do Sul, em outubro. Ela fez 26s61 e o tempo antigo era 26s63. A vencedora da disputa, a australiana Marieke Guehrer bateu o recorde mundial da distância, com 26s17.

Joanna Maranhão fez 2m09s03 na final dos 200m medley, conquistando o bronze. A vencedora da prova, a húngara Evelyn Verraszto, bateu o recorde mundial com 2m06s01. A brasileira também teve um bom desempenho nos 200m livre. Na decisão ela terminou em quarto lugar com 1m57s19, superando o tempo continental da brasileira Tatiana Lemos Barbosa, 1m57s30, na Copa do Mundo do ano passado.

No masculino, o Brasil teve uma sequência de quartos lugares. Com 26s61, Felipe Lima bateu o recorde sul-americano dos 50m peito que pertencia a Eduardo Fischer, 26s73, desde maio deste ano. Henrique Rodrigues também ficou a uma posição de subir ao pódio nos 100m medley (54s24) e 400m do mesmo estilo (4m11s79).

A etapa de Moscou termina neste sábado.




Esperanças na Natação marcam estreia piauiense no Paraná

Autor: CidadeVerde.com
E-mail: redacao@cidadeverde.com
Enviado em: 07 de novembro de 2009

Olimpíadas Escolares: Lauro Filho e Jônatas Silva já estão nos finais. No Judô, Fabrício luta sábado.

Lauro Wilson Filho e Jônatas Silva já estão garantidos nas primeiras finais das Olimpíadas Escolares, que tiveram sua segunda fase - para atletas entre 15 e 17 anos - iniciada nesta sexta-feira (6) em Londrina e Maringá/PR. Eles disputam nesse sábado as finais do 50 e 100 metros borboleta, e 100 metros peito, respectivamente.
 
Jônatas Silva já garantiu vaga na final
 
Os bons resultados já esperados na Natação contrastaram com o dia sem medalhas no Judô após as lutas de Arthur Matos, Thiago Almeida e Denise Coelho. A expectativa gira mesmo em torno de mais um ouro de Antônio Fabrício Alves, campeão pan-americano sub-17, que luta neste sábado, assim como Joesley Brito, atual campeão brasileiro Sub-17. 
 
Sem jogar, Elieser Drumont se manteve nas disputas do Xadrez. Amanda Carolina perdeu na primeira rodada.
 
No futsal feminino, o Liceu Piauiense foi goleado por 14 a 0 pelo Cenec/SC. O próximo jogo será domingo contra o Colégio Integral/BA.
 
A delegação piauiense conta com a presença da judoca Sarah Menezes, bicampeã mundial sub-20. Convidada pelo Comitê Olímpico Brasileiro para ser embaixadora olímpica, ela deu autógrafos antes das lutas do Judô e falou dos participantes sobre a sua experiência internacional.
 
O Piauí ainda terá representantes no Vôlei, Handebol, Atletismo e Tênis de Mesa. Os atletas viajam com apoio do Governo do Estado, através da Fundespi e Secretaria de Educação, na próxima semana.




Joanna Maranhão e Fabíola Molina conquistam medalhas em Moscou

Autor: Leonardo Delgado(Fonte: oGlobo)
E-mail: aquabarra@sapo.pt
Enviado em: 07 de novembro de 2009

A equipe brasileira começou bem nesta sexta-feira, durante o primeiro dia de competição da Copa do Mundo de Natação, que está sendo realizada em Moscou, na Rússia. As brasileiras Fabíola Molina e Joanna Maranhão subiram ao pódio em suas provas e conquistaram duas medalhas para o país.

Nos 50m costas, Fabíola conquistou a medalha de prata e ainda estabeleceu o novo recorde sul-americano em 26s61. A prova foi vencida pela australiana Marieke Guehrer, que ainda quebrou o recorde mundial com 26s17. Na primeira etapa da Copa do Mundo, em Durban, mês passado, Fabíola conquistou três medalhas e bateu três recordes sul-americanos.

Nos 200m medley, a pernambucana Joanna Maranhão foi a terceira colocada e também subiu ao pódio com um novo recorde sul-americano nas costas. A húngara Evelyn Verraszto venceu e estabaleceu novo recorde mundial com 2m06s01. Joanna marcou 2m09s03. Nos 400m, Joanna terminou em quarto.

Entre os homens, Felipe Lima foi o quarto colocado nos 50m peito (26s61), enquanto Henrique Rodrigues foi quarto nos 400m medley (4m11s79) e nos 100m medley (54s24).



FINA

Confederação Brasileira de Natação

Federação Maranhense de Desportos Aquáticos - FMDA

E-books de Ed. Física
E-books de Ed. Física

Swim It Up

Swimnews

Pro Swim

aquabarrabdc

Best Swimming

Not Nat

Orkut Aquabarra

Blog Paineiras

© Escola de Natação Aquabarra

Webmaster: Leonardo Delgado